Encontre seu assunto de arte

Richard Schmid: O poder da simplicidade nas pinturas de retratos

Richard Schmid: O poder da simplicidade nas pinturas de retratos



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A seguir, trecho da Magazine (abril de 2001), em um artigo de Greg Schaber.

Pintura de retrato é pegar a complexidade e simplificá-la ”, diz Richard Schmid. "Um profissional de verdade divide as coisas em etapas e cria maneiras de simplificar a enorme quantidade de informações encontradas no rosto de uma pessoa".

Para aprimorar essas habilidades, Schmid desenvolveu uma abordagem baseada em esboços a óleo rápidos - que ele considera trabalhos concluídos - concluídos em três horas ou menos. Sua precisão começa na identificação de uma forma simples e fácil de ver, colocando-a no chão, passando para a próxima forma fácil e recriá-la à distância adequada da primeira. "Minha filosofia é obter a coisa mais importante primeiro", diz ele. "Se você acertar as primeiras coisas e cometer erros subsequentes em áreas adjacentes, esses erros aparecerão imediatamente porque você os julgará contra algo que você sabe que é certo. Mas se o que você colocar inicialmente for apenas aproximado ou mesmo errado, mesmo se você colocar algo certo posteriormente, você não saberá. "

Sua primeira tarefa é obter a semelhança - as dimensões, proporções e relacionamentos exatos - em todas as pequenas formas de cor. "Tem que ser inconfundivelmente a pessoa que está sentada para mim", diz ele. "Se eu não entendi, falhei no desenho. E, muitas vezes, não preciso colocar muita informação para capturar o modelo. Se isso acontecer, é desnecessário tirar a foto até a borda, colocar a camisa, a gravata e o chapéu - às vezes nem preciso pintar o rosto inteiro. ”

O segundo objetivo de Schmid, que está intimamente ligado ao primeiro, é capturar a aparência que sua babá está projetando. “No decorrer de uma sessão, pode variar de estado de alerta a fadiga ou ansiedade - todo o leque de emoções humanas. Em alguns retratos, a mudança é tão sutil que você captura mais de uma coisa de cada vez. Por exemplo, eu geralmente gosto de olhar para os olhos e o nariz em um estágio inicial. E eles podem estar em um determinado estado nesse ponto; então, quando eu chego à boca, eles estão em um ponto diferente; portanto, pode haver um pouco de ambiguidade no rosto. Mas tudo bem. "

Não é por acaso que Schmid chegou à sua abordagem de desenho enquanto trabalhava com modelos pagos. "Esses não são retratos encomendados para deixar a babá feliz", diz ele. "É para me esclarecer e me divertir. Estou atrás da aparência da pessoa e nem sempre é lisonjeiro. Não estou idealizando a pessoa ou tentando fazê-la parecer boa. "

Para simplificar a tarefa de medir e comparar, Schmid geralmente trabalha em tamanho real. "Isso facilita a medição porque você não precisa fazer ajustes proporcionais", diz ele. “Você pode subir e medir seu assunto com uma régua. Eu realmente fiz isso. Você só precisa fazer isso algumas vezes antes de poder calcular à distância.

Aprenda a pintar com Richard Schmid:

  • Como fazer um DVD sobre Pintura de um retrato Alla Prima
  • Alla Prima II - Edição expandida: tudo o que sei sobre pintura e muito mais por Richard Schmid
  • Download grátis: Guia para desenhar rostos por Carrie Stuart Parks
  • Inscrever-se para Revista


Assista o vídeo: Artist Richard Schmid, художник Річард Шмід (Agosto 2022).